1. Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Ler Mais.

[FM '18] Valon Hasani: Um estrangeiro de regresso a casa

Tópicos em 'Carreiras' iniciados por Sobrado, 24 Novembro 2017.

Football Manager Portugal
  1. Sobrado

    Portista

    Registado em:
    23 Julho 2012
    Mensagens:
    13.047
    [​IMG]

    12 de Junho de 2017.

    Hoje é provavelmente a data mais importante da vida de Valon: foi neste dia em que nasceu, há quarenta e quatro anos, com quase tanto cabelo como o que hoje se lhe pousa sobre a cabeça; e foi também este o dia em que Valon Hasani começou uma nova vida, há precisamente cinco anos.

    Este segundo nascimento de Valon deu-se na mesma cidade que o primeiro: Pristina. A cidade dos seus pais, do seu irmão, dos avós que não conheceu. Cidade dos primeiros amigos, das primeiras paixões e dos primeiros chutos numa bola, nem sempre redonda mas sempre magnética o suficiente para que os olhos de Valon não fixassem outra coisa, pelo menos até que a mãe Genta o obrigasse a regressar a casa e ternamente lhe limpasse os joelhos feridos.

    [​IMG]

    Pristina é também a cidade onde Valon viu pela última vez o seu irmão mais velho, Ardit. Valon tinha 11 anos e foi nesse dia em que viu o seu pai Ledion desbravar furiosamente as estradas kosovares e escapar de uma Jugoslávia prestes a implodir, guiando dias a fio até chegar à Suíça. Lá, Valon iria encontrar-se com vários familiares que nunca tinha visto mas cujos nomes já tinha ouvido muitas vezes em solilóquios exasperados do seu pai, sempre associados ao seu desejo de um dia fugir de uma guerra prometida.

    Nos anos que se seguiram, tudo o que se passava no Kosovo era visto à distância pela sua família. E não eram os únicos: na pacata cidade de Schaffhausen, no norte da Suíça, junto à fronteira com a Alemanha, habitavam milhares de kosovares albaneses, cuja presença tornou toda esta mudança radical mais natural para Valon.

    [​IMG]

    Tão natural que, poucos anos depois, Valon era já capitão da equipa de sub-17 do FC Schaffhausen. Este era o maior clube local e um emblema respeitado no país. Era também o único que Valon representara, depois de anos a jogar nas ruas do bairro de Qafa, bem junto ao estádio do KF Prishtina. Era este o seu clube de eleição e o que sempre sonhou representar, mas agora tinha de construir a sua carreira noutras paragens, na esperança de que um dia ainda fosse a tempo de concretizar o seu desejo.

    E aqui começa a história de que Valon mais se orgulha.
     
    #1
    Última edição: 28 Novembro 2017
  2. Sobrado

    Portista

    Registado em:
    23 Julho 2012
    Mensagens:
    13.047
    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG] Posição: Defesa Central / Médio Defensivo
    [​IMG] Altura: 1.87 m
    [​IMG] Peso: 81 kg

    Certamente que o pai de Hasani nunca esperaria que o seu filho levasse de forma tão literal o significado do seu nome. Valon em albanês significa "ferver", o que descreve de forma perfeita o seu carácter: sempre temperamental, impulsivo e apaixonado fora de campo, transportava essas características para dentro das quatro linhas. Agressivo nos duelos pelo ar e pelo chão, fazia valer a sua matreirice e conhecimento do jogo para compensar uma falta de velocidade que até lhe valeu a alcunha carinhosamente irónica de "Hase", diminutivo do seu nome e... alemão para "lebre".

    1984 - 1992 | [​IMG] FC Schaffhausen | Suíça | Camadas Jovens
    1992 - 1994 | [​IMG] FC Schaffhausen | Suíça | 16 jogos, 1 golo
    1994 - 1998 | [​IMG] SSV Reutlingen 05 | Alemanha | 98 jogos, 4 golos

    Depois de vários anos de formação no Schaffhausen, aos 19 anos fez a sua estreia na equipa principal, na altura a disputar a Challenge League, o segundo escalão do futebol suíço. As duas épocas ao serviço da equipa sénior tardaram em dar as oportunidades que Valon gostaria, o que o levou a assinar pelo Reutlingen, clube próximo da região suíça onde vivia e que disputava a Regionalliga alemã, à altura o terceiro escalão do futebol germânico.

    1998 - 1999 | [​IMG] SC Rot-Weiß Oberhausen | Alemanha | 30 jogos, 1 golo
    1999 - 2000 | [​IMG] Tennis Borussia Berlin | Alemanha | 33 jogos, 2 golos
    2000 - 2003 | [​IMG] SSV Reutlingen 05 | Alemanha | 100 jogos, 5 golos
    2003 - 2007 | [​IMG] VfB Lübeck | Alemanha | 124 jogos, 8 golos

    1998 - 2005 | [​IMG] Albânia (Selecção Nacional) | 21 jogos, 1 golo

    E pela Alemanha ficou. Foram ao todo 13 anos divididos por quatro clubes e duas divisões. Depois de épocas de performance crescente no Reutlingen, o promovido Oberhausen contactou Hasani para fazer parte da equipa na 2. Bundesliga, e uma boa época de Valon levou-o a receber um convite, certamente o mais importante da sua carreira: representar a selecção da Albânia, recentemente renascida após o desmembramento da Jugoslávia.

    As boas performances levam-no até ao TeBe Berlin, histórico alemão que pretendia atacar a subida à Bundesliga na época seguinte. Infelizmente, foi exactamente o contrário que sucedeu: o clube acabou por descer de divisão "na secretaria", devido a irregularidades financeiras. Quem aproveitou foi novamente o Reutlingen: já como um nome querido entre os adeptos, Valon regressava ao clube do sul da Alemanha, agora com o estatuto de recém-promovido à 2. Bundesliga.

    A verdade é que a sorte voltou a não estar do seu lado. Depois de duas épocas seguras no segundo escalão com Hasani indiscutível no centro da defesa, o Reutlingen é despromovido novamente à Regionalliga e o clube não assegura uma licença para a disputar na época seguinte. Quem o resgata é o Lübeck, que acaba também por ser despromovido na temporada 2003/04. Com o clube desce também Valon, que completa mais de 120 jogos pela equipa em quatro temporadas. Com 34 anos e duas pernas bem cansadas, decide voltar à Suíça.

    2007 - 2008 | [​IMG] FC Winterthur | Suíça | 19 jogos, 0 golos
    2008 - 2009 | [​IMG] FC Red Star Zürich | Suíça | 9 jogos, 1 golo
    2009 - 2010 | [​IMG] FC Kosova Zürich | Suíça | 11 jogos, 1 golo

    O Winterthur foi a paragem seguinte, novamente na Challenge League. A possibilidade de acompanhar a família na Suíça foi um dos factores que levou Valon a regressar e a tomar um estilo de vida menos preocupado com o futebol. O regresso à Suíça coincide também com uma notícia há muito aguardada: o Kosovo tornava-se finalmente independente e as saudades de Valon de um passado distante mas ainda bem presente acentuavam-se.
    A ideia de pendurar as botas passava cada vez mais frequentemente pela sua cabeça.

    Aos 35 anos, Heseni decide que o próximo passo é tornar-se treinador. Inscreve-se num curso em Zurique e, com pouco mais em mente do que manter a forma, aceita o convite do modesto Red Star, da 3ª Divisão. Já no ocaso das capacidades físicas, começa a ter funções de acompanhamento técnico, que lhe davam alguma preciosa experiência "de terreno" para o que poderia ser a sua futura carreira. Em 2010, termina oficialmente o seu percurso como futebolista após uma época realizada a convite de um amigo num dos muitos clubes de emigrantes kosovares na Suíça, o Kosova Zürich. Mal Valon poderia imaginar que era neste modesto clube das divisões regionais suíças que tudo o que ele mais queria viria a acontecer.

    [​IMG]
    Palmarés:
    1x Finalista da Schweizer Cup (1993/94)
    1x Vencedor da Deutsche Amateurmeisterschaft (1996/97)
    1x Vencedor da SHFV-Pokal (2005/06)
    1x Finalista da WFV-Pokal (1994/95)



    [​IMG]

    Nem nos seus melhores sonhos Valon poderia conceber que seria uma inesperada visita do Ministro da Diáspora kosovar à comunidade emigrante em Zurique que o iria fazer ouvir uma proposta irrecusável. Numa longa conversa sobre o estado do futebol do Kosovo junto ao sintético do Kosova Zürich, onde frequentemente assistia aos treinos, Valon demonstrou o seu interesse em começar a treinar. Prontamente, o representante do governo do Kosovo o aliciou a voltar ao país, afirmando com certezas que não faltariam clubes interessados em contar com alguém com a sua experiência internacional na equipa técnica, e que talvez soubesse quem contactar.

    Valon nem pensou duas vezes: viajou até Schaffhausen, onde ainda morava o seu pai, agora sozinho após o falecimento recente da mãe Genta. Sem necessitar de grandes conversas, facilmente Ledion cedeu à ideia de voltar a mudar de vida e regressar ao Kosovo. Semanas depois, partiram.

    12 de Junho de 2012.

    [​IMG]


    No dia em que completava 39 anos, Hasani estava de volta a Pristina. Agora esta já não era uma cidade perdida no meio de um conflito entre países, mais conhecida por ser palco de guerra e destruição. Agora Pristina era capital. Capital de um Kosovo independente e livre que Valon nunca conheceu.
    Valon era um estrangeiro no seu próprio país, mas finalmente voltava a casa.


    2012 - 2013 | [​IMG] KF 2 Korriku (Sub-13) | Kosovo
    2013 - 2015 | [​IMG] KF 2 Korriku (Sub-15) | Kosovo
    2015 - 2017 | [​IMG] KF 2 Korriku (Sub-17) | Kosovo
    2017 - ? | [​IMG] KF Ballkani | Kosovo
     
    #2
    Última edição: 28 Novembro 2017
  3. Daniel Ferreira

    Daniel Ferreira Administrador
    Portista

    Registado em:
    3 Outubro 2012
    Mensagens:
    24.913
    Boa sorte, amigo!
     
    #3
  4. zurrilho

    Portista

    Registado em:
    11 Outubro 2011
    Mensagens:
    4.394
    Muito bom amigo :bow:

    Pfvr, não desista depois de duas postagens =(
     
    #4
  5. stb1120

    Benfiquista

    Registado em:
    11 Julho 2013
    Mensagens:
    5.213
    Uiiiish :bow: Que lenda no Reutlingen. Será que esse temperamento vai ser transportado para as CI? ou para o estilo de jogo do Ballkani???

    Boa sorte amigalhaço, quais são os objectivos da carreira?
     
    #5
  6. Almeida

    Almeida Administrador
    Sportinguista

    Registado em:
    2 Outubro 2011
    Mensagens:
    7.434
    Bonita fábula c:
     
    #6
  7. PeterRyder

    Sportinguista

    Registado em:
    23 Julho 2014
    Mensagens:
    1.211
    Boa sorte!
     
    #7
  8. Zeus

    Pequenos Importantes

    Registado em:
    17 Julho 2012
    Mensagens:
    3.661
    Boa sorte!
     
    #8
  9. Miki Feher

    Benfiquista

    Registado em:
    3 Maio 2012
    Mensagens:
    4.963
    Grande história :prayer: Boa sorte!
     
    #9
  10. Ministro das Finanças

    Portista

    Registado em:
    9 Maio 2012
    Mensagens:
    4.712
    Santinho.

    Toda a sorte, mafioso :compinchas:
     
    #10
    Daniel Ferreira gosta disto.